Páginas

em inconstante definição.

terça-feira, julho 10, 2007

Algum tempo depois....


Queridos leitores- se ainda existe algum depois do post anterior- eu não morri. Posso ter passado às portas da morte, mas não foi dessa vez. Hi! I'm here. Tampouco fiz coisas absurdamente absurdas por esses dias ou comecei aquela abstinência da vida em busca de purificação que me prometo há séculos. Nem nada. Tudo continua no mesmo período de estase -ok, ok, posso até estar exargerando, mas o certo é que tudo me sobra: ainda tenho trabalhos acadêmicos demais, e-mails não-respondidos demais, sono demais, coisas pessoais atrasadas demais, papéis demais pela casa, blogs demais desatualizados demais, a Hermione suja demais, compromissos cedo demais, bebendo café demais, quilos a mais, esperando tempo demais o meu celular chegar [maldita Lojas Americanas]. Ah.. ia esquecendo... reflexões sobre a vida demais. Tudo muito engraçadinho.

#Se peneirarmos bem, não há muita coisa a reclamar. Outro ângulo, " outra leitura" e, claramente, poderia ser bem pior. Tudo pode ser apenas uma piada sem-graça ou de humor negro. Daí posso chorar ou rir da cara do mané que quis ser engraçadinho. Claro que nada disso é inteiramente ruim. Até por que nada é inteiramente ruim. Pausa pra um momento loser: Droga! Deveria ter ido ao teatro. Hoje não estou legal. Lamentando a solidão. Aluguei um DVD no início da noite [comédia romântica, acredita?], não queria incomodar ninguém e queria e não queria companhia. Insônia . . .

$Nos caminhos, muita coisa passa e nos lamentamos por isso. Só que o melhor era que realmente tivesse passado. Nada de correr atrás do vento e nem olhar para que direção ele foi.

@Hahahah esperou um texto inteligente? [Eu não tenho nada prá dizer /Também não tenho mais o que fazer /e só pra garantir este refrão ...hahaha é melhor parar por aqui...]




"Não estou mais interessado no que sinto/Não acredito em nada além do que duvido/Você espera respostas que eu não tenho/Mas não vou brigar por causa disso"

7 comentários:

Anônimo disse...

legal... mas "comecei" escreve-se sem a cedilha, tá?

Verbena disse...

Pessoa-que-não-tem-nome, obrigada pelo auxílio-português...Valeu mesmo!Ah, se em todas as distrações da vida houvesse alguém assim tão pronto a mostrar onde erramos...^^
Quanto ao "legal..." vc poderia até ter poupado isso.

Verbena disse...

hahahahaha
Achei outros erros...
Agora tá valendo um pirulito por erro!
Vamos ver quem ganha mais!

Suhelen disse...

hum... q viagem...


[saudade demais. sábado tô chegando]

bjos.

yara b . disse...

se não dá tempo de arrumar tudo, coloca pelo menos metade debaixo do tapete que já garante uma limpezinha... mesmo superficial.

DRIKO....EU MESMO!! disse...

ALGUN TEMPO DEPOIS.. DE TUDO QUE SE PASSOU, NADA MAIS QUE A VAGA LEMBRANÇA DE TUDO QUE NÃO PASSOU... SAUDADES....

Tássia disse...

Coisas demais sim. Carinho demais, atenção demais. Tu é cheia de coisas demais.

=*