Páginas

em inconstante definição.

terça-feira, março 28, 2006

Lua Negra

Calendário Lunar 2006

( d=dia;h=hora;m=minuto....horário de Brasília)

      Nova           Crescente         Cheia         Minguante    
     d  h  m          d  h  m        d  h  m         d  h  m
                 Jan  6 15 56    Jan 14  6 48    Jan 22 12 14
 Jan 29 11 15    Fev  5  3 29    Fev 13  1 44    Fev 21  4 17
 Fev 27 21 31    Mar  6 17 16    Mar 14 20 35    Mar 22 16 10
 Mar 29  7 15    Abr  5  9 01    Abr 13 13 40    Abr 21  0 28
 Abr 27 16 44    Mai  5  2 13    Mai 13  3 51    Mai 20  6 21
 May 27  2 26    Jun  3 20 06    Jun 11 15 03    Jun 18 11 08
 Jun 25 13 05    Jul  3 13 37    Jul 11  0 02    Jul 17 16 13
 Jul 25  1 31    Ago  2  5 46    Ago  9  7 54    Ago 15 22 51
 Ago 23 16 10    Ago 31 19 56    Set  7 15 42    Set 14  8 15
 Set 22  8 45    Set 30  8 04    Out  7  0 13    Out 13 21 26
 Out 22  2 14    Out 29 18 25    Nov  5  9 58    Nov 12 14 45
 Nov 20 19 18    Nov 28  3 29    Dez  4 21 25    Dez 12 11 32
 Dez 20 11 01    Dez 27 11 48                             

Eu amo essas coisas, fases da Lua (esse calendário já devia estar por aqui faz tempo...), marés, solstícios, equinócios, épocas de colher e plantar, posições dos astros no céu...enfim , os ciclos da Terra, a ordem que nos rege mesmo sem nos darmos conta dela.
Alguém que não conheço mandou esse texto pro meu e-mail.Fiquei encantada.

"Amanhã teremos mais uma noite de Lua Negra... noite da Lua que está e não está.
Um momento importante na Roda do Ano, isto porque as noites de Lua Negra servem para um contato mais íntimo com nos mesmos, num processo mensal, assim como os Esbás. A diferença, é que no Esbá, solicitamos a presença das forças Divinas, nos postamos sob a luz da lua e dela extraímos novas energias para um novo período e no rito de Lua Negra, nos vemos solitários, sob uma lua sombria e buscamos mergulhar em nós para iluminar a partir de nosso próprio poder, nossa alma, para mais um período.
É um momento em que mergulhamos fundo em nós mesmos e vamos rumo ao encontro de nossa Sombra. Somos nós e nossos conteúdos interiores a quem nós represamos,censuramos, repreendemos. Gestos, pensamentos,sentimentos, que nos causam incômodo, e que nesta noite, devemos exteriorizar, observar, compreender,aceitar e transformar esta energia que nos incomoda mas que faz parte de nós, em energia produtiva,criativa,construtora.amanhã é noite sem Lua, noite de desnudarmo-nos e depararmos com nossas forças instintivas."

É uma época de autoconhecimento,pois saber até onde somos capazes de ir é importante para que nunca ousemos a tanto... É pena eu saber meus desejos para essa noite de Lua Negra e ter a certeza que não vou realizá-los nessa noite ou em outra qualquer, mas "cuidado com o desejas..."

Em tempo: A Lua Nova nos proporciona uma ocasião perfeita para observar o céu(lindo, majestoso, coalhado de estrelas...Experimente ir aonde as luzes da cidade não lhe alcançam...)Daí, não tenho dúvidas do sucesso da escolha que alguém fez, há muito tempo, em chamar de Via Láctea nossa modesta casa.Que inspiração!

3 comentários:

Ana disse...

Eu nunca dei muita importancia pra Lua Nova...sempre gostei da Cheia...mas muito legal esse texto..
E agora fiquei aqui pensando...será q eu vou entrar em contato com o Ornitorrinco essa lua? hehehehehe

Suhelen disse...

isso me faz lembrar das coisas que as vezes é melhor não lembrar... acho que sou meio de lua tambem... quem não é?? e não esquece que não estamos sós!!!!! heuheuhe... é aqueka música de novo... "quiet down..." bjos...

Verbena disse...

galera, tô com a impressão q a hora do nascer da lua ta estranho mas tô morrendo d preguiça de procurar o certo...