Páginas

em inconstante definição.

sexta-feira, março 24, 2006

O cavaleiro jura bravura.....


"Prometo que no exercício da profissão de Farmacêutico mostrar-me-ei sempre fiel aos preceitos da honestidade, da caridade e da ciência. Penetrando no interior dos lares, meus olhos serão cegos, minha língua calará os segredos que forem revelados, os quais terei como preceito de honra.Juro que no exercício da profissão a que hoje me habilito, acima de tudo me norteará o princípio de ser útil à sociedade a que pertenço, preocupado em melhorar as condições de pleno desempenho das funções vitais dos seres humanos que somos, acima de quaisquer ambições, interesses ou ideologias. Nunca me servirei de minha profissão para corromper os costumes ou favorecer o crime. Se eu cumprir este juramento com fidelidade, goze para sempre a minha vida e a minha arte de boa reputação entre os homens: se o infringir ou dele me afastar, suceda-me o contrário.Assim, Deus me ajude."

Hoje foi a colação de grau em Farmácia da Nataly.O juramento acima não foi exatamente o qual Nataly pronunciou, mas é bem parecido com o eu que fiz alguns meses atrás -é que o Conselho de Farmácia permite algumas variações- mas o espírito é o mesmo.E sempre me emociona,marca a alma com a pura vontade de nunca me afastar dele, seja por que for.E não quero que esse sentimento seja apenas o entusiasmo dos primeiros anos, mas que me oriente sempre.Pois valores como honra e solidez de caráter nunca deverão passar num mundo que carece tanto e a ética profissional beira a extinção.
Lembranças diversas me vieram à mente.Foram 6 longos anos - um a mais do que deveria-e eu passava mais tempo na faculdade que em casa.O velho Palacete da Lágrimas...Hoje, me senti estranha desde o momento que o vi.Havia saudades na maneira de andar, de olhar, no ato de subir as escadas bicolores, escorregadias em dias de chuva, de me encaminhar para o auditório,até respirar ali.Desde novembro eu não até lá.Parecia não haver passado muito tempo da primeira vez que entrei na Faculdade de Farmácia.Meu Deus! E quanta coisa aconteceu...Eu não sou a mesma pessoa, meu mundo definitivamente não é o mesmo e nem a maneira que o encaro.Fico pensando no que mudaria se começasse tudo outra vez....

Um comentário:

Suhelen disse...

deu até vontade de não me formar... nem colar grau nem nada... heuheu.. bjok